7 erros que você não pode repetir em 2017 quanto ao Meio Ambiente

Hoje é um novo dia, de um novo tempo que começou… Mais um Ano chega e os planejamentos anuais são elaborados pelas empresas para que novas metas sejam realizadas, para que as empresas atinjam o sucesso e se mantenham financeiramente estáveis. Mas te pergunto o setor de Meio Ambiente entra no seu planejamento?

                No ultimo ano de 2016 a falta de planejamento ambiental nas empresas ocasionaram o pagamento de multas desnecessárias, atrasos em obras, perdas de potenciais clientes, gastos que não estavam previstos, dentre outros. Portanto, neste mês de janeiro, toda quarta-feira teremos um post sobre a temática do planejamento ambiental.

                Nós da G&P elaboramos um ranking com os principais problemas que escutamos das empresas neste ultimo ano: troca do responsável pela documentação ambiental, falta de controle ambiental, esquecer o prazo de renovação de 120 dias, sobrecarregar um funcionário que não tem conhecimento da área ambiental, não proceder à coleta de resíduos por empresa devidamente licenciada o que gerou multas, falta de entrega de documentos… Sendo assim, destacaremos os 7 erros mais comuns que as empresas cometem quanto aos controles ambientais:

  • Deixar de monitorar os condicionantes de suas licenças ambientais

Já falamos sobre esse item em nosso ultimo post (colocar o link do blog), as condicionantes ambientais, são aquelas descritas na licença ambiental da empresa, dentre os principais condicionantes estão: controle do processo produtivo, controle de geração de resíduos, controle de efluentes líquidos, controle de ruídos e particulados, controle sobre a fauna e flora e por fim quanto aos riscos ambientais do empreendimento. Cada um destes controles possuem prazos que devem ser cumpridos junto ao órgão ambiental fiscalizador, assim como atendimento a legislação ambiental.

  • Não protocolar os documentos que comprovem o cumprimento de obrigações legais junto ao órgão fiscalizador;

Como dito anteriormente, alguns condicionantes devem ser entregues junto ao órgão ambiental fiscalizador; é importante que sejam elaborados ofícios para atendimento e controle desta documentação, assim como de todo e qualquer documento entregue.

  • Esquecer o prazo de 120 dias para renovar as licenças

As licenças ambientais devem ser renovadas antes de 120 dias antes do término de vencimento do documento. É importante que a renovação ocorra dentro deste prazo, pois a empresa poderá perder a licença ambiental caso não cumpra este quesito.

  • Admitir que a geração de resíduos deve ser realizada apenas por empresa licenciada;

Todas as empresas geram resíduos sólidos, advindos seja do processo produtivo seja dos setores administrativos, desta forma, é necessário que eles sejam armazenados temporariamente em locais adequados com cobertura e piso impermeabilizado para posterior coleta. A empresa que coleta este resíduo deve possuir uma licença ambiental vigente, assim como é importante que você fiscalize o local que recebe seus resíduos, assim como gerencie quali-quantitativamente os mesmos.

  • Pagar multas ambientais;

Muitas empresas acreditam que não cumprir os prazos e entregas não irá gerar multas. Te garanto, há multas sim! Elas estão previstas na legislação ambiental! As multas normalmente são geradas, por descumprimento da licença ambiental, por um corte indevido de árvore, por descarte irregular de efluente liquido ou de resíduo sólido. Outra forma, cada vez mais comum desde a formalização online dos processos se dá a partir da fiscalização, seja por uma denúncia, seja por uma vistoria padrão do órgão ambiental.

  • Dedicar pouco tempo ao planejamento ambiental da tua empresa

O planejamento ambiental é importante tarefa que serve para sistematizar as ações necessárias que visam atingir as metas e objetivos de caráter ambiental, nele são previstos os indicadores e os custos anuais que irão nortear as questões ambientais da empresa.

  • Postergar a contratação de profissional técnico habilitado ou empresa de consultoria ambiental para suporte ambiental

Por fim, as empresas para não contratarem profissionais especializados na área ambiental, atribuem aos setores de segurança do trabalho e administrativo o acumulo de tarefas ambientais. Não digo que esta tarefa não seja possível, mas é importante que aliado a estes profissionais seja contratado um profissional ou empresa que oriente para os cumprimentos legais do empreendimento.

Se você cumpre todos esses requisitos você merece uma estrelinha, como dizia minha professora das séries iniciais, agora se você não sabe nada sobre sua licença ambiental, nós da G&P poderemos te ajudar. Estamos localizados em Porto Alegre, e atuamos em toda a região sul do Estado, se tua empresa não é daqui, a gente te ajuda a localizar uma empresa de consultoria perto do teu empreendimento. O que você não pode fazer é não acompanhar suas demandas ambientais.

Na próxima quarta-feira vamos tratar do Planejamento Ambiental: Como fazer na minha empresa?

Copyright © 2017 Licenciamento Ambiental | G&P Soluções Ambientais

Share This