Conheça 5 construções sustentáveis para você se inspirar

A definição de construção sustentável baseia-se no uso responsável da energia, redução no impacto ambiental, envolvido por um ambiente que proporcione qualidade ao usuário. Além disso, é válido inferir que as construções sustentáveis são sistemas harmoniosos que produzem poucos dejetos na fase de construção e durante o seu uso.

Os prédios verdes são uma tendência no mercado da construção civil, pois eles têm um aproveitamento melhor de água e energia, utilizando materiais ecológicos. As empresas verdes se beneficiam por melhorarem a imagem no mercado e por cumprirem as legislações ambientais (se prevenindo de multas em auditorias ambientais).

Conheça 5 construções sustentáveis para você se inspirar!

1. Divisão de Ciências Laboratoriais do CDC

O governo dos Estados Unidos já aderiu ao “movimento verde”. O CDC (Centers for Disease Control and Prevention) conquistou a certificação LEED (certificação que garante que os estabelecimentos cumprem requisitos sustentáveis) Ouro, sendo o primeiro edifício governamental de alto desempenho a conquistá-la.

O prédio foi equipado com diversos sensores que detectam a incidência de luz solar num ambiente e quando esse ambiente está vazio, identificando a necessidade, ou não, de acenderem as luzes. Outra tecnologia é que toda a água de chuva e a água produzida pela condensação dos sistemas de ar-condicionado são reutilizadas para irrigação da área verde.

2. Casa Z6

Desperdício, energia, água, carbono, emissões e ignorância. Esses são os 6 fatores em que a casa busca níveis zero, por isso o nome como Z6. Os construtores conseguiram construí-la produzindo apenas 10{6f4f2abe92a011700d089cee7432abce51ef877f66b3f8fcd30bf2ae19f65c5f} do resíduo de uma construção residencial comum. Para isso, algumas partes foram construídas em uma fábrica e depois, ocorreu a junção das mesmas no local da casa (o que levou somente 13 horas).

Esse empreendimento é dotado de uma “consciência ambiental” incrível. Além dos mecanismos (como painéis solares, aquecedor solar de água, telhado verde, entre outros), a casa é composta por azulejos, balcões e até mesmo a estrutura de aço, feitos com produtos reciclados.

3. Vancouver Convention and Exhibition Centre

O primeiro centro de convenções a receber a certificação LEED. O Centro de Convenções de Vancouver teve tamanha qualidade na construção, concepção e operação que recebeu a certificação Platinum, sendo uma referência em termos de sustentabilidade ambiental.

O edifício possui sua estrutura sobre a água, e foi construído para recriar um habitat da vida marinha. Há 200m² de habitat para mexilhões, algas, estrelas-do-mar e outros animais marinhos.

A água do mar é utilizada para o sistema de aquecimento e refrigeração, o telhado verde possui 400 mil plantas nativas (proporcionando o habitat de aves, insetos e pequenos mamíferos), a irrigação é feita com água de chuva e existem várias inovações ambientais. O centro de convenções é um motivo de orgulho da população canadense.

4. Construções sustentáveis da rede McDonald’s

A rede de fast-food McDonald´s também investiu em construções sustentáveis. No litoral de São Paulo foi construído o primeiro restaurante ecológico da América Latina. A franquia é preparada para o uso racional de água e energia, possuindo ainda um sistema de automação do ar-condicionado (desligando-o e abrindo as janelas automaticamente a partir da medição da temperatura externa).

A unidade do McDonald´s fez com que a marca fosse ainda mais reconhecida como uma empresa sustentável, que tem o compromisso com a preservação do meio ambiente, o que é importantíssimo nos dias atuais.

5. Biblioteca View Lake Terrace

Localizada na Califórnia, a biblioteca também é um prédio verde. Para evitar o uso excessivo de energia, as salas de leitura são iluminadas com a luz do dia. A estrutura do prédio permite que ocorra uma ventilação para resfriamento, sem a necessidade de utilização de ar-condicionado.

Há, ainda, uma área verde que reduz o escoamento de água em 25{6f4f2abe92a011700d089cee7432abce51ef877f66b3f8fcd30bf2ae19f65c5f}, e para economizar, foram utilizadas plantas resistentes à seca, diminuindo a necessidade de irrigação.

Investir em construções sustentáveis mostrará responsabilidade empresarial, e práticas de gestão ambiental de primeira qualidade. Além de beneficiar a imagem da instituição, esses costumes diminuem os riscos ambientais.

A sustentabilidade para a empresa pode ser adquirida através de serviços de consultoria ambiental por especialistas, que ajudarão na desburocratização do licenciamento ambiental.

E então, gostou do nosso artigo? Assine nossa newsletter e fique por dentro das novas técnicas em soluções ambientais.

Copyright © 2017 Licenciamento Ambiental | G&P Soluções Ambientais

Share This