Construção civil: 3 impactos ambientais causados por desperdício

A construção civil é um dos setores mais importantes para a economia de um país, impactando até mesmo sobre o Produto Interno Bruto (PIB), porém, nem tudo são flores: essa área é responsável também por danos ambientais expressivos, que vão desde a produção da matéria-prima utilizada até a execução das obras.

Para se ter uma ideia do impacto causado pela construção civil, estima-se que 75{6f4f2abe92a011700d089cee7432abce51ef877f66b3f8fcd30bf2ae19f65c5f} do que é usado nesse setor seja extraído da natureza, e ao contrário do que muitas empresas acreditam, esses danos não prejudicam somente o meio ambiente, mas também o empreendimento como um todo, que acaba refletindo isso em serviços de má qualidade.

Continue sua leitura e descubra 3 impactos ambientais causados pelo desperdício. Acompanhe!

1. Desperdício

Um dos principais impactos causados ao meio ambiente pela construção civil está relacionado ao desperdício – que é um conceito muito mais amplo nesse setor. Isso reflete não somente no campo financeiro, mas resulta em atrasos no projeto como um todo.

Esse gerenciamento de má qualidade da obra no setor ambiental acaba refletindo na satisfação do cliente, pois além da obra não acompanhar o cronograma, o orçamento ultrapassa o valor estipulado, resultando em mais gastos.

2. Geração de entulho

Esse é o desperdício no campo da construção civil mais prejudicial ao meio ambiente! Ele está relacionado principalmente à geração de resíduos de construção e demolição (RCD) – chamados também de entulhos.

Mas você deve estar se perguntando, como o entulho pode ser um desperdício, já que ele pode ser reaproveitado? O descarte inadequado desse resíduo pode gerar consequências graves, pois os impactos ambientais são significativos.

Por isso, é importante que se cumpra a Resolução nº 307 do CONAMA, para evitar problemas maiores, que podem comprometer não só o meio ambiente, mas também o andamento da obra.

3. Perda de recursos naturais

Esse tipo de desperdício está diretamente relacionado ao meio ambiente, porém, não leva a produção de nenhum resíduo! Ao contrário dos tópicos acima, a perda dos recursos naturais causa danos ambientais permanentes, que nem sempre podem ser reparados.

Cerca de 40{6f4f2abe92a011700d089cee7432abce51ef877f66b3f8fcd30bf2ae19f65c5f} da energia mundial é consumida por edifícios e 50{6f4f2abe92a011700d089cee7432abce51ef877f66b3f8fcd30bf2ae19f65c5f} da água potável é destinada a construção civil. Esses números expressam como esse tipo de desperdício pode ser prejudicial ao setor, gerando grandes impactos no meio ambiente – muitas vezes irreparáveis.

Como reduzir o desperdício causado pela construção civil?

Agora que você já sabe como o desperdício pode causar prejuízos à construção civil, que tal entender como eles podem ser reduzidos? Primeiramente é preciso entender que muitas vezes os erros primários no planejamento ambiental podem ser os principais responsáveis por afetar drasticamente o andamento de uma obra – ela pode ser suspensa e/ou haver a não emissão de um Habite-se.

Então, é importante que seja feito um planejamento em todas as áreas da obra! Essa etapa deve ter a atenção merecida, para que todos os passos sejam seguidos conforme o cronograma, sem surpresas desagradáveis.

Além disso, deve-se utilizar a tecnologia como aliada. Com ela é possível fazer um acompanhamento da obra como um todo, inclusive no que diz respeito aos desperdícios, aumentando o controle sobre todo o processo e reduzindo os danos ambientais, aplicando a sustentabilidade à construção civil.

Percebeu como é importante reduzir os impactos ambientais causados pela construção civil? Possui mais alguma dúvida sobre o assunto? Então não deixe de compartilhar nos comentários!

Copyright © 2017 Licenciamento Ambiental | G&P Soluções Ambientais

Share This