Como está o Planejamento das tuas demandas Ambientais?

Já pensou em organizar tuas demandas ambientais? No início do ano abordamos um texto com os principais erros cometidos pelas empresas quanto ao controle das licenças ambientais, e pra te ajudar decidimos compartilhar com vocês alguns itens necessários para que tu faças dentro da tua empresa e execute o planejamento ambiental na íntegra. Vamos lá?

O que é Planejamento Ambiental?

O planejamento de uma empresa é um dos requisitos necessários para o sucesso do negócio, nele são destacados os objetivos da empresa quanto à sustentabilidade do negócio, de forma a mitigar os impactos ambientais da atividade. O planejamento se dá desde o momento inicial da construção de um prédio, ou seja, antes de se instalar é necessário que sejam realizados estudos ambientais específicos que precisam de tempo para execução e aprovação do órgão ambiental.

Licença Ambiental x Planejamento Ambiental

Mas, depois que recebo minha licença ambiental preciso ter um planejamento ambiental? Sim!

O planejamento é resultado da previsão de ações pela gestão, exigindo o controle e acompanhamento de um negócio, ou seja, é preciso que o gestor da empresa participe deste processo, para que sejam definidos os objetivos para aquele ano, como por exemplo, não receber mais notificações ambientais. E como fazer isso? O velho ditado popular “uma meta sem um plano é somente um desejo”, desta forma vamos ensinar um método utilizado por nós para definir metas: o método SMART. É um dos conceitos mais utilizados por empresas vencedoras, tendo em vista que o índice de metas atingidas quando se utiliza esse modelo é enorme.

Como utilizo a metodologia SMART na minha empresa?

S= Especificidade.

Exemplo: Quero que minha empresa em 2017 não receba nenhuma multa ambiental.

M= Mensurável.

Exemplo: Para não receber multas, vou monitorar mensalmente minha empresa.

A= Alcançável.

Exemplo: Para não receber multas, vou monitorar periodicamente meu processo produtivo, e fazer uma vistoria no empreendimento junto com o consultor ambiental a fim de averiguar  as possíveis não conformidades e corrigi-las.

R= Relevante

Exemplo: Para que meu empreendimento não seja fechado, não quero receber multas, serei uma referência ambiental na minha área de atuação.

T= “Time-bound”

Exemplo: Preciso deixar claro para todos os envolvidos na empresa os objetivos, desta forma além das vistorias periódicas irei realizar reuniões mensais com os responsáveis e trimestralmente avaliar as não conformidades apontadas.

Chegou a hora de EXECUTAR!

Para que este método seja eficaz é importante o controle e o acompanhamento das ações pré-definidas pela empresa para estabelecer ações preventivas ou corretivas, visando a obtenção de sucesso no planejamento ambiental. Se você achou muito complicado, entre em contato com um de nossos Consultores que teremos o maior prazer em lhe auxiliar. 

 

Copyright © 2017 Licenciamento Ambiental | G&P Soluções Ambientais

Share This